fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

A Tosse dos Canis Tem Múltiplos Patógenos

A Tosse dos Canis (doença respiratória infecciosa canina, CIRD, em inglês), tem vários patógenos virais e bacterianos envolvidos na causa da doença. A CIRD é mais comum quando os cães são mantidos em grandes grupos, principalmente em canis, mas também ocorre em animais de estimação alojados individualmente. 

Os sinais clínicos comuns incluem secreção nasal, tosse, dificuldade respiratória, febre, letargia e infecções do trato respiratório inferior.

A vacinação desempenha um papel importante no gerenciamento da doença e, como tal, várias vacinas estão disponíveis, mas apesar do amplo uso de vacinas, a doença clínica ainda é comum em cães vacinados. Existem vacinas disponíveis comercialmente para alguns, mas nem todos os patógenos, o que pode explicar a ocasional falta de proteção.

Disseminação da Tosse dos Canis para pessoas

Até o momento, não há evidências de disseminação do vírus da influenza canina de cães para pessoas, mas o monitoramento contínuo da gripe canina por agências de saúde humana e veterinária é de importância crítica.

Tosse dos Canis por dois ou mais patógenos

Cães com infecções por mais de um agente infeccioso ao mesmo tempo apresentam sinais clínicos moderados a graves com mais frequência do que cães com infecção única. O conhecimento sobre as co-infecções mais comuns pode ajudar os médicos a determinar estratégias de tratamento apropriadas, melhorar os resultados dos pacientes e facilitar a administração de antibióticos.

Influência da idade dos animais

A idade dos animais foi o fator mais significativo quando falamos de sinais clínicos moderados a graves. Cães jovens podem ter níveis mais baixos de imunidade contra patógenos associados à doença e podem ser submetidos a condições de aglomeração com mais frequência, o que pode aumentar sua suscetibilidade à infecção e levar a sinais clínicos mais graves.

Referências

MABONI, Grazieli; et al. Canine infectious respiratory disease: New insights into the etiology and epidemiology of associated pathogens. NCBI: 25 de abril de 2019. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6483346/> Acesso em: 27 de maio de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.