fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

Marreco Mandarim é Um Símbolo de Fidelidade

O Marreco Mandarim é muito reverenciado na cultura oriental, sendo considerado símbolo de carinho e fidelidade conjugal, uma vez que após acasalarem se mantêm aos pares para o resto da vida.

O símbolo do Marreco Mandarim é também utilizado nos casamentos chineses, por que na tradição chinesa eles simbolizam a felicidade e a fidelidade conjugal. A razão para esta metáfora é porque, ao contrário de outras espécies de marrecos, o Marreco Mandarim permanece com a parceira com a qual acasalou até que os ovos eclodam e inclusive auxilia no cuidado com os filhotes.

Classificação Zootécnica

ReinoAnimalia
FiloChordata
ClasseAves
OrdemAnseriforme
FamíliaAnatidae
GêneroAix
EspécieAix galericulata
(Website da Animal Diversity, 2021)

Marreco Mandarim em seu estado selvagem

O Marreco Mandarim (Aix galericulata) procria no leste da Sibéria, China e Japão e nos invernos, no sul da China e do Japão. Há uma pequena população que voa livremente na Grã-Bretanha derivada da libertação de marrecos criados em cativeiro. Ele vive nas florestas da China e do Japão, e prefere lagos arborizados e riachos rochosos de fluxo rápido para nadar, vagar e se alimentar.

Descrição física do Marreco Mandarim

Em plumagem completa, o macho tem um par de penas que se levanta verticalmente acima do dorso, uma crista de penas laranja e creme e uma larga listra branca que é delimitada acima e abaixo por penas mais escuras. A fêmea tem uma cor mais opaca e uma aparência geral cinza marcada por uma faixa branca curva atrás do olho e uma série de manchas brancas na parte inferior. Em voo, ambos os sexos exibem um espéculo iridescente verde-azulado.

Reprodução do Marreco Mandarim

A exibição do namoro do Marreco Mandarim é muito impressionante. Os ninhos devem sempre ser feitos em um local oco. Na natureza, são feitos em um buraco em uma árvore e podem estar a até nove metros do solo. Os tamanhos das ninhadas variam de nove a doze ovos que são colocados em intervalos diários. 

A incubação é realizada exclusivamente pela fêmea e dura entre 28 e 30 dias. Quando todos os ovos eclodem (eles eclodem com algumas horas de diferença), a mãe chama os filhotes ao solo. Na natureza, cada filhote se lança em queda livre e, surpreendentemente, todos os filhotes pousam ilesos e vão a caminho do local de alimentação mais próximo. 

Estado de conservação do Marreco Mandarim

A destruição do habitat teve um impacto severo nas populações orientais de Mandarins. Em 1911, a floresta de Tung Ling, uma fortaleza para a espécie, foi aberta para colonização e depois disso as florestas foram derrubadas. Em 1928, poucas áreas de reprodução suficientes permaneceram. A população asiática atual pode ser inferior a 20.000 aves. Um fator que ajudou o Marreco Mandarim a sobreviver é seu péssimo sabor, desta forma não são caçados para comer.

Obras consultadas:

Editores da Animal Diversity. Aix galericulata: Mandarin duck. Website Animal Diversity. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Aix_galericulata/classification/> Acesso em: 25 Fevereiro 2021.

HARRIS, Mary S. Aix galericulata: Mandarin duck. Animal Diversity Website. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Aix_galericulata/> Acesso em: 25 Fevereiro 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.