fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

Drontal Puppy Combate Vermes e Giárdia Em Cães Filhotes e Adultos de Raças Pequenas

Drontal® Puppy é indicado para o tratamento e controle das verminoses intestinais e da giardíase em filhotes de cães e adultos das raças miniaturas, apresentando excelente atividade contra os endoparasitos nematódeos (vermes redondos) Ancylostoma braziliense, Ancylostoma caninum, Toxocara canis, Toxascaris leonina, Trichuris vulpis, Uncinaria stenocephala e contra os protozoários do gênero Giardia spp. (Bayer, 2020).

O produto tem em sua composição o Febantel (1,5%) e Pamoato de pirantel (1,44%). Quanto ao modo de administração, para o tratamento das verminoses intestinais, administrar o produto em dose única, e contra a giardíase, administrar o produto na dosagem recomendada uma vez por dia, durante três dias consecutivos. Não administrar Drontal® Puppy em cães com menos de 15 dias de vida e gatos de qualquer idade (Bayer, 2020).

Algumas informações sobre filhotes de cães

Se você chegou até aqui provavelmente tem um cão filhote. Parabéns! Possuir um cão pode ser uma experiência extremamente gratificante, mas também é uma grande responsabilidade que dura toda a vida do cão. Esboçamos abaixo algumas colocações importantes para você que está iniciando com seu filhote. Boa leitura.

Quando meu filhote deve visitar o Médico Veterinário?

Com seis a oito semanas de idade você já deve levar seu filhote para iniciar vacinas, vermifugações e outros tratamentos preventivos, como o controle de pulgas, por exemplo. Além disso seu Médico Veterinário lhe dará conselhos sobre comportamento e treinamento, e fará um checkup geral no seu animal a procura de algum problema que por ventura ele possa estar apresentando. A identificação com um microchip também pode ser uma opção. Um cronograma de exames será recomendado para garantir que seu filhote receba proteção adequada, e você deve segui-lo à risca (Ward, 2020).

Quando meu filhote deve ser vacinado?

Existem muitas doenças fatais que podem afetar os cães, mas felizmente o seu Médico Veterinário tem a capacidade de prevenir vários deles vacinando seu filhote. Para serem eficazes, essas vacinas devem ser administradas como uma série de injeções oportunas, mas as vacinas recomendadas e o esquema de injeções podem variar dependendo das necessidades individuais de seu animal de estimação.

Um esquema básico de vacinação protegerá seu filhote de várias doenças comuns, dentre elas cinomose, hepatite, parvovirose e raiva. Os três primeiros são geralmente incluídos em uma injeção administrada com 6 a 8, 12 e 16 semanas de idade. Alguns filhotes receberão uma vacina adicional de reforço às 20 semanas de idade. A vacina contra a raiva é administrada com 12 a 16 semanas de idade. Outras vacinas opcionais são apropriadas em determinadas situações. Isso pode incluir as vacinas Bordetella e Leptospirose, se houver riscos dessas doenças específicas, com base na sua localização geográfica e no estilo de vida da sua família. 

Seu Médico Veterinário o ajudará a determinar quais vacinas são recomendadas para o seu animal de estimação com base no seu estilo de vida (Ward, 2020).

Vermifugação é crucial    

Parasitas intestinais são muito comuns em filhotes. Os filhotes podem ser infectados com alguns tipos de vermes intestinais antes de nascerem ou mais tarde através do leite da mãe. O exame microscópico de uma amostra de fezes geralmente ajuda o Médico Veterinário a determinar a presença da maioria dos parasitas intestinais. Este exame é recomendado para todos os filhotes, especialmente durante as primeiras visitas veterinárias, mas mesmo que um diagnóstico positivo não seja obtido, recomenda-se o uso rotineiro de um medicamento para desparasitação seguro e eficaz contra vários vermes comuns do cão. Esse protocolo é seguido porque a medicação para desparasitação tem nenhum ou poucos efeitos colaterais e porque seu filhote pode não defecar ovos de vermes todos os dias, portanto a amostra de fezes pode não detectar vermes presentes (Ward, 2020).

É importante que a vermifugação seja repetida após um tempo porque mata apenas os vermes adultos, então, dentro de três a quatro semanas, os estágios larvais dos parasitas intestinais se tornarão adultos e precisarão ser removidos com uma nova vermifugação. Os cães permanecem suscetíveis à reinfecção por vermes durante toda a vida, por isso uma vermifugação periódica ao longo da vida do cão pode ser recomendada para cães que passam o tempo ao ar livre (Ward, 2020).

A importância do controle de pulgas nos filhotes

Pulgas podem transmitir o cestódeo Dypilidium caninum para o seu filhote, mas nem sempre você os verá sobre seu filhote.

Ao contrário da crença popular, a maior parte do ciclo de vida das pulgas é se passa no ambiente, ou seja, fora do cão, pois somente o adulto vive no animal. O ovo, a larva e as pupas se alimentam e se desenvolvem no ambiente, portanto o controle de pulgas deve incluir o tratamento do meio ambiente e do animal de estimação. Cuidados especiais devem ser tomados quando da escolha de pulicidas para o seu filhote porque muitos dos produtos de controle de pulgas que são seguros em cães adultos não são seguros para filhotes com menos de dois a três meses de idade, então certifique-se de que qualquer produto de pulgas que você use seja rotulado como seguro para filhotes. Consulte o seu Médico Veterinário para determinar qual medicação contra pulgas é apropriada para o seu cachorro (Ward, 2020).

Referências:

Bayer Pet. Drontal Puppy. Disponível em: <https://www.bayerpet.com.br/produtos/caes/vermicidas/drontal-puppy/?utm_source=GoogleSearch&utm_medium=CPC&utm_campaign=CampanhaInstitucionalDrontal&utm_term=DrontalPuppy&utm_content=anuncio1#indicacao> Acesso em: 01 de maio de 2020.

WARD, Ernest. Puppy – Recommendations for New Owners Part I – Veterinary Care. Disponível em: <https://vcahospitals.com/know-your-pet/puppy—recommendations-for-new-owners-part-i—veterinary-care> Acesso em: 01 de maio de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.