fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

Drontal Plus Gatos é Indicado Como Vermífugo Para Gatos

O produto é indicado para o tratamento e controle das verminoses intestinais dos gatos, apresentando atividade contra os endoparasitos cestódeos (vermes chatos) Dipylidium caninum, Echinococcus granulosus, Echinococcus multilocularis, Joyeuxiella pasqualei, Mesocestoides spp. e Taenia spp. e contra os nematódeos (vermes redondos) Ancylostoma braziliense, Ancylostoma tubaeforme, Toxocara cati e Toxascaris leonina (Bayer, 2020).

Drontal® Gatos possui em sua composição Praziquantel e Pamoato de pirantel, e deve ser administrado por via oral em dose única, podendo ser misturado à ração, carne ou peixe, sendo muito bem tolerado e dispensando regime especial ou jejum prévio. Possui ampla margem de segurança, sem contraindicações ou efeitos colaterais, podendo inclusive ser utilizado durante a gestação e lactação, conforme o esquema de tratamento proposto, mas não deve ser administrado em gatos com menos de 1 kg e 15 dias de vida. Os comprimidos podem ser cortados e combinados para tratar os animais de forma prática, com dosagens mais precisas (Bayer, 2020).

Vermes em gatos

É provável que o seu gato tenha vermes intestinais em algum momento de sua vida. De acordo com o Dr. Bruce Kornreich, diretor associado do Feline Health Center da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Cornell, em Ithaca, NY, na maioria das vezes, os gatos entram em contato com vermes através das seguintes formas:

  • contato com ovos dos vermes ou partículas infectadas nas fezes, por exemplo, quando eles pisam nas fezes e depois as ingerem quando se higienizam através da lambedura;
  • quando têm acesso às ruas e caçam e consomem roedores, que por sua vez possuem larvas de vermes que vivem em seus tecidos, então os gatos acabam por consumir também estas larvas, que se transformam em vermes adultos no intestino do gato;
  • quando, ao se lamberem ou coçarem, acabam comendo pulgas que carregam ovos de vermes;
  • gatinhos podem receber alguns tipos de lombrigas ao amamentar uma mãe infectada.

Seu Médico Veterinário pode diagnosticar vermes com um exame físico, exame de uma amostra de fezes sob um microscópio ou enviando uma amostra de fezes a um laboratório para um teste completo, pode ainda solicitar exames de sangue para obter uma imagem completa da saúde do seu gato. Se for diagnosticado que seu gato tem vermes, será tratado mesmo que ele não tenha sintomas. Os medicamentos são normalmente administrados por via oral em intervalos que dependem do tipo de verme, grau de infestação e resultados dos exames fecais de acompanhamento (Remitz, 2016).

Prevenção

Para evitar que o seu gato contraia a verminose é importante ser proativo, fazer um exame fecal e físico e ser meticuloso com a caixa de areia. Você também pode proteger seu gato aderindo estritamente a um regime de prevenção de pulgas durante todo o ano, seja através de doses orais, aplicações tópicas ou coleiras, pois isso ajudará a prevenir e se livrar das pulgas, que podem causar vermes. Finalmente, mantenha seu gato dentro de casa, onde ele não possa caçar e comer roedores infectados (Remitz, 2016).

Cestódeos – Vermes chatos

Cestódeos são parasitos geralmente compostas por muitos segmentos e a reprodução desses parasitos se dá quando eles liberam segmentos maduros contendo ovos, que são liberados ​​nas fezes. Esses segmentos geralmente se assemelham a grãos de arroz e às vezes podem ser vistos nos pêlos ao redor do ânus e nas fezes do gato. Para completar seu ciclo de vida, exigem que um hospedeiro intermediário coma primeiro os ovos do ambiente e, em seguida, o gato será infectado pela ingestão do hospedeiro intermediário (ICC, 2018).

Os animais que atuam como hospedeiros intermediários variam de acordo com a espécie do parasito. O Dipylidium caninum, por exemplo, é transmitido aos gatos por pulgas, pois as larvas de pulgas imaturas ingerem os ovos do verme, mas a infecção é transmitida a um gato quando ele engole uma pulga infectada. Já a Taenia taeniaeformis é transmitida quando os gatos comem pequenos roedores (ratos e camundongos), tendo os roedores ingerido ovos do meio ambiente (ICC, 2018).

Nematódeos – Vermes redondos

Nematódeos (vermes redondos) são os parasitas intestinais mais comuns em gatos e ocorrem em todas as idades e em todo o mundo. As duas lombrigas comuns dos gatos são chamadas Toxocara cati e Toxascaris leonina. Os ovos desses vermes são transmitidos através das fezes e podem permanecer viáveis ​​no ambiente por vários anos. Estes ovos podem infectar outros gatos através da ingestão dos ovos diretamente de um ambiente contaminado ou se outro animal comer os ovos, por exemplo, um rato, e os gatos ingerir este animal infectado. Toxocara cati também é transmitida através do leite materno, na amamentação, então devemos assumir que todos os gatinhos serão infectados com Toxocara cati (ICC, 2018).

Na maioria dos casos, o tratamento de rotina regular para lombrigas é recomendado durante a vida de um gato. No entanto, para determinar se um gato está realmente infectado com vermes, uma amostra de fezes pode ser coletada e examinada em laboratório para procurar a presença dos ovos de vermes (ICC, 2018).

Praziquantel

Praziquantel é um medicamento usado para tratar infecções por cestódeos. Os efeitos colaterais são raros, mas incluem vômito, diminuição do apetite, diarreia e letargia. Age prejudicando a capacidade da tênia de se fixar na parede intestinal e também interage com a pele da tênia, fazendo com que perca a capacidade de resistir à digestão pelo hospedeiro, ou seja, o cestódeo ou é expelido morto nas fezes ou é completamente digerido no trato digestório dos animais tratados. O produto é contra-indicado para animais que apresentaram sensibilidade anterior e para gatinhos com menos de 6 semanas de idade (PetCoach, 2020).

Pamoato de pirantel

O pamoato de pirantel é mais comumente utilizado no tratamento de ancilostomídeos e nematódeos em cães e gatos. O pamoato de pirantel está disponível como um agente único ou em combinação com outros medicamentos para desparasitação. Cadelas podem receber pirantel aproximadamente duas a três semanas após o parto para reduzir as chances de transmitirem vermes aos filhotes. O ativo funciona paralisando os vermes, que se desprendem do intestino do animal e então são liberados mortos pelas fezes e, com menos frequência, vomitando (PetMD,, 2020).

O pamoato de pirantel é pouco absorvido pelo trato gastrointestinal e esta é uma maneira muito segura de tratar ancilostomídeos e nematódeos em cães e gatos. O pirantel raramente apresenta efeitos colaterais, mas o vômito é possível. É seguro para uso em animais de estimação gestantes e amamentando (PetMD, 2020).

Referências:

Bayer Pet. Drontal Plus Gatos. Disponível em: < https://www.bayerpet.com.br/produtos/gatos/vermicidas/drontal-gatos/?utm_source=GoogleSearch&utm_medium=CPC&utm_campaign=CampanhaInstitucionalDrontal&utm_term=DrontalGatos&utm_content=anuncio1#indicacao&gclid=EAIaIQobChMIsqmkmoSR6QIVkIKRCh29iwWJEAAYASAAEgKTLfD_BwE> Acesso em: 01 de maio de 2020.

ICC: International Cat Care. Worming your cat. Publicado em: 25 de julho de 2018. Disponível em: <https://icatcare.org/advice/worming-your-cat/> Acesso em: 01 de maio de 2020.

PetCoach. Praziquantel. Disponível em: <https://www.petcoach.co/pet-medication/praziquantel> Acesso em: 01 de maio de 2020.

PetMD. Pyrantel pamoate in dogs and cats. Disponível em: <https://m.petmd.com/pet-medication/pyrantel-pamoate> Acesso em: 01 de maio de 2020.

REMITZ, Jessica. Worms in cats: everything you need to know. Publicado em: 11 de Agosto de 2016. Dsiponível em: < https://www.petmd.com/cat/parasites/worms-cats-everything-you-need-know> Acesso em: 01 de maio de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.