fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

Dois Viajantes e O Urso

Dois homens, João e Marcos, viajam juntos a pé. Entrando em uma floresta ao cair da noite, João expressa preocupação com o perigo de encontrar um urso.

_ Nesta floresta existem centenas de ursos, disse João.

Marcos, sorrindo, responde:

_ Não tenha medo. Já lutei com vários deles e sempre venci.

João, então, fica tranquilo e ambos continuam a caminhar pela floresta. Após algum tempo, eles são avistados por um urso, que logo parte pra cima deles.

Marcos, que afirmava ser capaz de lutar com um urso, sobe em uma árvore para escapar, mas se recusa a ajudar seu amigo a subir também. Então João se vê em risco de vida.

_ O que farei?, pensou João.

Então João tem uma ideia. Ele se lembrou de uma história contada por seu avô, que lhe disse certa vez que ursos não comem pessoas mortas.

“Vou me fingir de morto”, pensou João. E assim fez.

O urso se aproximou de João e se inclinou sobre ele para cheirá-lo, mas parecia estar sussurrar algumas palavras em seu ouvido, embora, na verdade, estivesse farejando. Após farejar João, o urso vai embora, achando que João estava morto.

Quando o covarde que subiu a árvore desce, ele pergunta a João o que o urso disse. João, com raiva, responde:

_ O urso me avisou para ficar alerta com supostos amigos que abandonam você em tempos difíceis.

Temas de Dois Viajantes e O Urso

Amizade;

Covardia;

Vangloriar-se.

Moral

Um amigo que não te ajuda quando você está em apuros não é um verdadeiro amigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.