fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

As Cinco Liberdades dos Animais

As Cinco Liberdades dos Animais são padrões de cuidado desenvolvidos pelo Farm Animal Welfare Council da Grã-Bretanha, em 1965, são internacionalmente aceitos e afirmam o direito de todos os animais a um tratamento digno. Digno de nota é que cada espécie animal deve ser atendida de acordo com seus requisitos específicos, assim como cada indivíduo dentro de cada espécie, pois o comportamento de um animal é resultado de sua composição genética, do ambiente em que o animal vive e das experiências do animal (particularmente no ambiente pré e pós-natal durante o período primário de socialização). 

Os requisitos mínimos de bem-estar para abrigar e satisfazer os animais, conhecidos como ‘As Cinco Liberdades dos Animais’, são importantes para os animais de estimação da família, para animais de fazendas, de produção e de zoológicos. Quando essas necessidades não são totalmente atendidas, o bem-estar fica comprometido e surgem problemas de saúde e comportamento.

As Cinco Liberdades dos Animais

1- Estar livre da fome e da sede

O animal deve ter fácil acesso a água potável e dieta suficiente para manter a saúde e o vigor.

2- Estar livre do desconforto

Deve ser proporcionado ao animal um ambiente adequado, incluindo abrigo e uma área de descanso confortável. Isso significa que você deve fornecer roupa de cama macia e uma área com temperatura adequada, sem níveis de ruído (ou mínimos) e acesso ao banho de sol. Se um animal estiver em locais externos, deve ter abrigo contra as intempéries, bem como água e comida fornecidos de formas adequadas.

3- Estar livre da dor, lesão ou doença

Caso necessário, a prevenção e/ ou diagnóstico de doenças, assim como o tratamento, devem ser eficientes e rápidos. Isso inclui a vacinação de animais, monitoramento, saúde física, tratamento de quaisquer ferimentos e fornecimento de medicamentos apropriados.

4- Estar livre do medo e angústia

Devem ser garantidas condições que evitem o sofrimento mental. A saúde mental de um animal é tão importante quanto sua saúde física, já que o estresse psicológico pode rapidamente transformar-se em doença física. Essas condições podem ser alcançadas evitando a superlotação e fornecendo enriquecimento suficiente e esconderijos seguros.

5- Liberdade para expressar comportamentos normais das espécies

Deve haver espaço suficiente, instalações adequadas e companhia da própria espécie do animal, se assim a espécie exigir, como por exemplo espécies de aves que vivem em bando. Os animais precisam ser capazes de interagir ou evitar outros de sua própria espécie, conforme desejado. Eles devem ser capazes de alongar todas as partes do corpo (do nariz à cauda) e correr, pular e brincar. Isso pode ser particularmente desafiador quando os animais são alojados em canis individuais.

Importância do Médico Veterinário

Médicos Veterinários são cruciais na educação dos tutores quando se refere às Cinco Liberdades dos Animais.

Nos animais de companhia, os problemas de comportamento enfraquecem o vínculo entre o dono e o animal, resultando em uma diminuição do comprometimento do proprietário com o cuidado. Esta é a principal razão para o abandono, a devolução e a eutanásia de animais. No entanto, estudos mostram que muitos proprietários não relatam alterações de comportamento ao seu Veterinário, e a maioria dos Veterinários deixa de perguntar sobre elas. 

“A triagem de quaisquer alterações comportamentais ou problemas emergentes de comportamento deve ser feita a cada visita veterinária para garantir que a saúde comportamental, a saúde física e o bem-estar do animal de estimação sejam efetivamente e humanamente gerenciados”.

Sempre que for visitar seu Veterinário, você deve incluir perguntas a respeito de comportamentos suspeitos do seu animal de estimação. Isso ajudará o Veterinário na avaliação da saúde e bem-estar do seu animal. O comportamento é central para um bom atendimento Veterinário. O registro das respostas em cada visita permite que uma linha de base seja estabelecida para comparação futura.

A detecção e a intervenção precoces das alterações comportamentais permitirá ao Veterinário oferecer as melhores chances de gerenciar o problema e impedir que este problema se torne mais sério e profundamente enraizado. Alterações comportamentais podem ocorrer devido a problemas médicos subjacentes, então o diagnóstico precoce destas alterações para ajudar no diagnóstico e até mesmo salvar a vida de seu pet.

Veterinários com habilidades e treinamento suficientes podem oferecer educação ao cliente sobre como prevenir e gerenciar comportamentos indesejáveis ​​para ajudar os donos a socializar e treinar seus animais de estimação. Eles também podem desempenhar um papel integral durante as consultas comportamentais, registrando o histórico, demonstrando técnicas e produtos para modificação de comportamento e realizando acompanhamento de casos e suporte contínuo. 

Fontes:

Animal Human Society. The Five Freedoms for Animals. Disponível em: <https://www.animalhumanesociety.org/health/five-freedoms-animals> Acesso em: 22 outubro 2020.

LANDSBERG, Gary M. Integrated behavioral services into Veterinary practice. Merck Veterinary Manual: Maio de 2014. Disponível em: <https://www.merckvetmanual.com/behavior/behavioral-medicine-introduction/integrating-behavioral-services-into-veterinary-practice> Acesso em: 20 de maio de 2020.

LANDSBERG, Gary M. Overview of behavioral medicine. Merck Veterinary Manual: Maio de 2014. Disponível em: <https://www.merckvetmanual.com/behavior/behavioral-medicine-introduction/overview-of-behavioral-medicine> Acesso em: 20 de maio de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.