fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

Animais Transmitem Coronavírus?

Animais transmitem coronavírus? Esta é uma dúvida ainda corrente entre os tutores de pets, principalmente aqueles que pertencem aos grupos de risco, como idosos, cardiopatas e portadores de problemas respiratórios crônicos.

Qual o risco?

Alguns coronavírus que infectam animais às vezes podem se espalhar para os seres humanos e depois se espalhar entre as pessoas, mas isso é raro. A síndrome respiratória aguda grave (SARS) e a síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS) são exemplos de doenças causadas por coronavírus que se originaram em animais e se espalharam para as pessoas. É o que se suspeita ter acontecido com o vírus que causou o atual surto de COVID-19. No entanto, não sabemos a fonte exata desse vírus. Os funcionários e parceiros da saúde pública estão trabalhando para identificar a fonte do COVID-19. As primeiras infecções foram ligadas a um mercado de animais vivos, mas o vírus se espalhou de pessoa para pessoa. O coronavírus mais semelhante ao vírus que causa COVID-19 é o que causa a SARS.

O vírus que causa o COVID-19 se espalha principalmente de pessoa para pessoa através de gotículas respiratórias, tossindo, espirrando e conversando. Mas afinal: animais transmitem coronavírus? No momento, não há evidências de que os animais tenham um papel significativo na disseminação do vírus que causa o COVID-19. Com base nas informações limitadas disponíveis até o momento, o risco de animais espalharem COVID-19 para as pessoas é considerado baixo.

Risco de pessoas espalharem o vírus que causa o COVID-19 aos animais

O CDC está ciente de que um pequeno número de animais de estimação, incluindo cães e gatos, apresentaram infecção pelo vírus que causa o COVID-19, principalmente após o contato próximo com pessoas com o COVID-19. Apenas alguns dos animais relatados como positivos mostraram sinais de doença.

O primeiro animal com teste positivo para o vírus que causa o COVID-19 foi um tigre com uma doença respiratória em um zoológico da cidade de Nova York. As amostras deste tigre foram coletadas e testadas depois que vários leões e tigres no zoológico mostraram sinais de doença respiratória. As autoridades de saúde pública acreditam que esses felinos ficaram doentes depois de serem expostos a um funcionário do zoológico infectado com o vírus que causa o COVID-19.

Ainda estamos aprendendo sobre esse vírus, mas sabemos que ele veio originalmente de uma fonte animal e está se espalhando principalmente de pessoa para pessoa, mas parece que ele pode se espalhar de pessoas para animais em algumas situações.

O CDC está trabalhando com parceiros de saúde humana e animal para monitorar esta situação e continuará fornecendo atualizações referentes à questão ‘animais transmitem coronavírus’ à medida que as informações estiverem disponíveis. Mais estudos são necessários para entender se e como diferentes animais podem ser afetados pelo COVID-19.

O que fazer se você possui animais de estimação

Até aprendermos mais sobre como esse vírus afeta os animais, trate os animais de estimação como trataria outros membros da família humana para protegê-los de uma possível infecção. Não permita que animais de estimação interajam com pessoas ou outros animais fora da casa. Mantenha os gatos dentro de casa sempre que possível, para evitar que eles interajam com outros animais ou pessoas.

Há um pequeno número de animais em todo o mundo relatados como infectados pelo vírus que causa o COVID-19, principalmente após o contato com uma pessoa com o COVID-19. Converse com seu Veterinário se seu animal de estimação ficar doente ou se você tiver alguma dúvida sobre a saúde dele.

Proteja animais de estimação se estiver doente

Se você está doente com COVID-19 (suspeito ou confirmado por um teste), deve restringir o contato com seus animais de estimação e outros animais, como faria com as pessoas. Até sabermos mais sobre esse vírus, as pessoas doentes com COVID-19 devem evitar o contato com animais de estimação e outros animais. Quando possível, faça com que outro membro da sua família cuide dos seus animais de estimação enquanto estiver doente.

Evite o contato com seu animal de estimação, incluindo, acariciar, aconchegar, ser beijado ou lambido e compartilhar comida ou roupa de cama. Se você precisar cuidar do seu animal de estimação ou ficar perto de animais enquanto estiver doente, use um pano para cobrir o rosto e lave as mãos antes e depois de interagir com eles.

Se você está doente com COVID-19 e seu animal de estimação fica doente, não o leve à clínica veterinária. Ligue para o seu Veterinário e informe-o de que você está doente com COVID-19. Seu Veterinário pode avaliar seu animal de estimação e determinar as próximas etapas para o tratamento e cuidados de seu animal.

Mantenha-se saudável perto dos animais

Nos Estados Unidos, não há evidências de que os animais estejam desempenhando um papel significativo na disseminação do COVID-19. Com base nas informações limitadas disponíveis até o momento, o risco de os animais espalharem COVID-19 para as pessoas é considerado baixo. No entanto, como todos os animais podem transportar patógenos que podem deixar as pessoas doentes, é sempre bom manter hábitos de higiene saudáveis ​​quando próximo aos animais de estimação.

Fonte:

CDC – Centers for Disease Control and Prevention. If you have animals. Dsiponível em: <https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/daily-life-coping/animals.html> Acesso em: 27 de Abril de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.