fbpx
AtiVet Redondo Contorno Azul 150x150

A Raposa e o Corvo

Um corvo está sentado em uma árvore com um pedaço de queijo em seu bico. Uma raposa que passa vê a cena e fica com muita vontade de comer o queijo.

_ O que eu faço para conseguir este queijo do corvo, pensou a raposa.

A raposa, então, se aproximou da árvore e, olhando pra cima, disse:

_ Seu Corvo, bom dia. Tudo bom com você? Estou com muita fome. Poderia me dar este pedaço de queijo?

O corvo negou o pedido, balançando negativamente a cabeça. Mas isto não fez a raposa desistir. Ela fingiu que foi embora, se escondeu e de repente deu um salto em frente à árvore, tentando assustar ao corvo. O corvo, todavia, não estava nem aí pra situação.

Vendo ser muito difícil pegar o queijo do corvo, a raposa elaborou um plano. Ela pensou: vou fazer elogios ao corvo e tentar convencê-lo de cantar. Se ele cantar, o queijo cairá de sua boca e eu poderei comê-lo.

Então a raposa se aproximou do corvo e disse:

_ Seu corvo, como suas penas são lindas. Você é um pássaro muito bonito. Eu gostaria muito de ouvir o seu canto.

Enganado pelo elogio, o corvo abre seu bico para cantar, deixando cair o queijo para o chão, onde a raposa come tudo.

Tema de A Raposa e o Corvo

Lisonja;

Enganação;

Orgulho.

Moral

Não confie em pessoas que te elogiam demais, especialmente se você tem algo que eles querem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.